Procedimento técnico – Problemas com diagnostico via scanner

Atenção necessária para sistemas / veículos sem comunicação com o scanner:

  • E preciso ter certeza de que o sistema que está sendo acessado é realmente o mesmo que equipa o veículo analisado. E muito comum erros na seleção de sistemas.
  • Também é preciso ter certeza de que o cabo / conector usado é realmente compatível com o sistema / veículo.
  • Antes da execução de qualquer teste, verifique a tensão da bateria (mínima 12,4 Vdc), pois, havendo uma bateria descarregada, o equipamento (scanner) poderá não se comunicar com o veículo.
  • O módulo do sistema à ser diagnosticado deverá ser submetido a teste de alimentação elétrica (positiva e negativa). Poderá haver uma “queda de tensão” provocada por relê defeituoso, mau contato de fusível, aterramento insuficiente, soquetes mal encaixados, umidade, etc.
  • Para testes em imobilizadores e painéis, alimente de preferência o equipamento (scanner) diretamente na bateria do veículo, pois, muitas vezes durante o processo, é necessário desligar e religar a ignição, e é nesse momento que o scanner perde a alimentação quando é feita via acendedor de cigarros ou conector OBD2.
  • Desligue todos os módulos presentes no veículo, pois, um deles poderá estar com defeito impedindo assim a comunicação (crítico em veículos equipados com REDE CAN).
  • Poderá o pino 4 (massa) estar no lugar do pino 3 no conector OBD2 (problema muito comum na linha VW).
  • Pode haver um defeito no módulo do sistema imobilizador. Neste caso o scanner também não estabelecerá comunicação, pois, o pino 7 (linha K) do conector de diagnose (OBD2) está vinculado com o imobilizador. (para o estabelecimento da comunicação, retire o conector de 8 pinos do módulo Imobilizador e faça um “Jamper” entre os pinos 7 e 8 do chicote).
  • Se o scanner perder a comunicação quando o motor entra em funcionamento, examine Interferência eletromagnética provocada por velas, cabos de vela ou bobina de Ignição.

Particularidades de alguns modelos / fabricantes:

  • Sem comunicação Motronic 1.5.4 P Chevrolet Vectra – Ligue o Scanner diretamente a linha K pino 55 da ECM, pois, essa linha se comunica com o pino 7 do ALDL e através desse pino podemos acessar o sistema de som bem como o sistema painel de instrumentos. Logo, se houver problemas com um dos sistemas (painel ou som), o scanner não se comunicará. Se não houver comunicação mesmo ligando o scanner diretamente a Linha K (pino 55 da ECM) e o motor somente liga quando a luz do sistema TC (controle de tração) apagar, examine a alimentação (saída linha 87 do relê de potência), pois, o relê poderá estar com defeito ou queda de tensão no circuito.
  • Sem comunicação com scanner com Sistema Venice  FIAT – Scanner não se comunica, luz interna de cortesia não acende ao abrir as portas e rádio não funciona: Examine o fusível S39 na caixa de fusíveis interna.
  • Sem comunicação com scanner  CITROEN Xsara Picasso – Scanner não acessa o sistema de freios ABS: Examine o fusível de 15A localizado na caixa de fusíveis localizada no cofre do motor.
  • Sem comunicação com scanner em veículos equipados com Rede CAN: Examine o módulo de conveniência. Ele poderá estar  inundado com água.
  • Sem comunicação com scanner em veículos Audi/VW  (Linha A3, A4, Golf, Passat e outros), sistema de Injeção: Desligue o conector do módulo de freios ABS e tente novamente.

Esse artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário